Os cristais

O que fazer quando um cristal se parte?


Se o cristal se partir devemos meditar com ele e sentir se ele ainda nos transmite energia e se ainda “funciona” connosco. Se sentirmos podemos continuar a utilizá-lo. Se não, limpamo-lo e devolvemo-lo à Mãe Terra. Deitando-o para o mar ou enterrando no campo ou floresta.




Rolado ou em Bruto?


Há quem diga que o rolado já foi muito manipulado pelo homem. Na verdade, qualquer cristal é manipulado pelo homem. A partir do momento em que retiramos os cristais do seu “habitat”, ou seja, da mina, já está a existir manipulação. Os cristais rolados são tão eficazes como em bruto. No caso de pontas de cristal, aí sim é preferível utilizar naturais, pois o seu efeito será diferente do polimento provocado. Os rolados são mais práticos para transportar diairamente e mais resistentes, tambem são otimos para elixires. Os em bruto são otimos para altar ou ter pela casa. Ambos são otimos para meditar.




Como funcionam os cristais?


Não há atualmente nenhuma prova científica de que o cristal possua a energia de cura em si, mas existem conceitos de eletromagnetismo comprovados pelo físico James Clerk Maxwell, que juntamente com os vários avanços na teoria quântica nos dão evidências que os antigos sempre souberam. Os cristais são compostos por moléculas perfeitamente organizadas, sendo estas compostas por átomos. Os átomos estão em tudo o que é material, o ser humano, os animais, um carro, uma árvore, no céu, etc. São pequenas partículas compostas por neutrões, protões e eletrões. Estes podem apresentar-se como ondas ou partículas. Estas ondas produzem pequenas vibrações interagindo no campo eletromagnético umas das outras. Como a estrutura do cristal é tão perfeita e única, esta vai alterar as vibrações de um corpo e do que o rodeia. Para retirarmos um bom partido dos cristais, torna-se essencial limpar, energizar e programar o cristal, para manter a sua boa vibração.




O cristal está sempre a funcionar?


O cristal, ainda que numa loja, ou guardado está sempre a emitir e receber energia, no entanto, uma vez que não foi programado, a sua energia é neutra, promovendo apenas harmonia no local onde se encontra.




O tamanho importa?


Podemos comparar os cristais a medicamentos. Se tivermos uma dor podemos tomar um paracetamol de 500mg e o nosso corpo vai absorver, ou seja, aproveitar, cerca de 5mg, por exemplo. Se nós quisermos “atacar” a dor com mais rapidez, tomamos um paracetamol de 1000mg em que o nosso corpo absorve também 5mg. Nos cristais passa-se o mesmo. Ou seja, quando há um cristal maior há mais concentração de energia ao nosso redor, mas nós aproveitamos apenas a mesma quantidade.




Malaquite ou Malaquita? -ite ou -ita?


Calcite ou Calcita? Bronzite ou Bronzita? Esta é uma questão frequente. Ambos os termos são corretos, sendo que as terminações em -ita, como azurita são descritas em Português do Brasil e também em Espanhol, as terminações em -ite como azurite, serão em Português de Portugal.




E se o cristal não for limpo transmite energia negativa?


É essencial limparmos os cristais para que nos transmitam a sua energia de uma forma pura. Sempre que a limpeza dos cristais não for efetuada, o cristal pode simplesmente já não ter efeito ou em alguns casos perturbar quem o utiliza, sendo mais comum com a turmalina ou obsidianas.




E se eu utilizar o cristal da forma errada?


O nosso livro e o nosso site é apenas um guia, todas as propriedades nele descritas, são apenas algumas das infinitas que os cristais possuem. Os cristais não são uma ciência exata e absoluta, são na verdade um fenómeno incompreensível para nós, humanos. Tão incompreensível quanto os fenómenos do universo e da vida. Desta forma, a melhor forma de os compreender é através da nossa intuição e esta é também a forma mais correta de os utilizar. Por isso, ao seguir a sua intuição, independentemente de isso ser completamente diferente daquilo que está escrito ou definido, não estará de alguma forma errado.




Os cristais não podem ser oferecidos?


Tanto podemos comprar como oferecer cristais. Quando compramos um cristal devemos ter em mente quem o vai utilizar e o efeito desejado.




Posso programar um cristal para outra pessoa?


Podemos sempre programar cristais para outra pessoa, tal como programamos para nós, devemos ter em mente a pessoa e o objetivo, que nunca deve ser malicioso. Antes da programação deve ser pedida autorização ao Eu Superior da pessoa em questão, quer esta esteja consciente da programação e uso do cristal ou não. Este pedido de autorização pode ser feito mentalmente e sentindo a resposta ou através da radiestesia (ver capítulo).




Posso ter os meus cristais no quarto?


Não é recomendado ter muitos cristais no quarto pois a sua vibração poderá afetar a qualidade do sono, no entanto isso é variável. Recomenda-se que se deixe na região da cabeceira, cristais correspondentes a chakras mais superiores, e que cristais correspondentes a chakras inferiores fiquem aos pés da cama ou em móveis abaixo dos pés da cama. No entanto também esta questão é variável pois existem raros casos relatados de pessoas que descansam melhor com uma Turmalina Preta por baixo da almofada.




Durante quanto tempo devo utilizar um cristal?


Sempre que o cristal for utilizado para tratar um problema, este deverá ser utilizado até alguns dias depois do problema estar solucionado, seja este emocional, físico, psicológico ou espiritual. Pode ainda ser eleito o cristal pessoal para se fazer acompanhar dele diariamente. Se utilizarmos o cristal para algo sem tempo determinado para acontecer, como o desenvolvimento da intuição ou a melhoria da saúde, o ideal são 3 a 4 semanas. Sendo que, seguindo a intuição o tempo estará sempre correto.




O que é um elixir de cristais? E como fazer?


O elixir de cristais consiste na energização de um liquido (agua) com energia de um ou vários cristais. Um elixir permitirá auxiliar a cura de doenças físicas, potenciar tratamentos, podendo ser também utilizado para limpeza energética e aumento de vibração energética. Pode ser utilizado em nós, num animal ou planta. Pode ser consumido, utilizado para banho ou ainda para fazer chá ou cozinhar ;)Um bom exemplo, que já usamos foi para uma infeção urinaria um elixir de calcite amarela e citrino, com ele fiz chá de pés de cereja e barbas de milho. Como se faz então um elixir? Para preparação devem ser utilizados cristais rolados, para que possam ser facilmente lavados e não contenham bactérias prejudiciais ao nosso organismo ou do animal (se for o caso). Desde a escolha do cristal à finalização do elixir pode ser utilizada a intuição ou o pêndulo. Para escolher o cristal podemo-nos basear nas propriedades, e fazer uma seleção através da intuição ou do pêndulo. À parte de formulas e métodos para a elaboração de elixires (como descrevermos no nosso livro e curso de cristais), basta utilizar cristais limpos, energizados e programados, lava-los bem com água e detergente da louça ou sabão, e colocar na água. Esperar normalmente 4 a 6h e o nosso elixir estará pronto! Podemos ainda energizar o elixir à Lua ou ao Sol. Para saber se é necessário podemos utilizar a intuição ou o pêndulo.




Os cristais nossos cristais não vão identificados, sabes porquê?!


Nós temos uma politica própria de gestão e redução de resíduos, temos milhares de cristais e se enviássemos um papelinho por cada um cristal seriam milhares de papelinhos. Nas encomendas procuramos reutilizar muito material, aproveitamos tudo tudo o que os nossos fornecedores enviam, e as vezes ate trazemos cartão do supermercado para embrulhar coisas mais frágeis como drusas ou pêndulos. Quando o cliente não consegue identificar pode enviar-nos fotografia e também temos o site o mais fidedigno possível com fotografias e uma boa descrição 😊 A tecnologia é otina e temos que a aproveitar, hoje em dia temos o mundo na palma da mão e podemos fazer uso da informação a toda a hora e em qualquer lugar. Esta tecnologia gera resíduos, então não vamos gastar mais e vamos poupar os recursos máximo que conseguirmos.




Como limpar e energizar os cristais?


Quando escolhemos um cristal, antes de o usarmos o primeiro passo é a limpeza. A limpeza remove vibrações negativas do cristal. O tempo médio de limpeza varia também em função do cristal e do que ele tratou antes. Para sabermos o tempo ideal, podemos utilizar a intuição ou um pêndulo. Existem diversos métodos de limpeza e energização, e cada cristal "identifica-se" um ou alguns métodos. Torna-se essencial conhecer o cristal para limpá-lo e energia-lo da forma correta. Principais métodos de Limpeza Águas naturais (cascatas, rios, lagos) ou Água da Torneira Consiste simplesmente em banhar os cristais em qualquer uma dessas águas, contando que não estejam poluídas. Colocar cerca de 2h numa taça com água ou lavar diretamente num rio ou riacho. Água e Sal Grosso ou Água do Mar Coloque os cristais dentro de um recipiente contendo água e sal grosso. Deixe-os aí pelo tempo necessário e, ao retirá-los, lave-os em água corrente para retirar o excesso de sal.Cristais que não podem ser limpos por este método Malaquite, Granada, Crisocola, Calcite Selenite Coloque os cristais em volta de uma de uma torre ou barra de selenite (na posição vertical). O número de cristais varia consoante o tamanho da torre ou da barra. Uma torre até 10 cm limpa cerca de 12 cristais no máximo. Principais métodos de Energização Depois de limpar os cristais, é aconselhável energizá-los, ou seja, «carregar as baterias». A energização pode ser feita por um dos métodos na tabela a baixo. Tal como para a limpeza, para sabermos o tempo ideal, podemos utilizar a intuição ou um pêndulo. Sol Deixe o cristal, após ter sido lavado e limpo, diretamente à luz do Sol, de preferência na parte da manhã, até ao meio-dia.Cristais que descoloram com o sol e perdem a sua energia: Ametista, Citrino, Quartzo Rosa, Rodonite, Fluorite. Lua Se quiser recarregar o seu cristal com energia mais feminina, mais intuitiva, exponha-o diretamente à luz do luar (Lua crescente ou cheia, de preferência). Selenite Coloque os cristais em volta de uma de uma torre ou barra de selenite (na posição vertical). O número de cristais varia consoante o tamanho da torre ou da barra. Uma torre até 10 cm limpa cerca de 12 cristais no máximo. Conheces o nosso livro? Nele indicamos o metodo de limpeza e energização para cada cristal. Vê aqui www.jami.pt/livro Queres saber mais sobre cristais? carrega aqui e conhece o curso completo de cristais online.




A fase da lua influencia a energização?