Sabes o que são emoções toxicas💀?!

Atualizado: 26 de Out de 2020

Nós passamos a vida a não nos responsabilizar pelos nossos erros e pela nossa própria vida, utilizamos constantemente as frases “tu magoaste-me”, “ele foi injusto”, “a vida pregou-me uma partida” e não tomamos o controlo da nossa vida. Para nós, seres humanos, é mais fácil culpar alguém pelas nossas atitudes da mesma forma que também é mais fácil pedir que alguém que resolva a nossa vida, e utilizamos o “eu peço a Deus (ao universo, ao santo…, ao anjo…)” quando precisamos de uma orientação ou de realizar um objetivo. A verdade é que Deus ou o Universo nos dá liberdade e poder de escolha e nos permite decidir as escolhas e caminho que queremos seguir. O Universo é tambem um conjunto de leis e energias e não vivemos sozinhos neles, portanto as nossas ações movimento campos energéticos de outras pessoas assim como as de outras movimentam o nosso, tudo para estar em equilíbrio.


Quem nunca ouviu falar na lei da atração?

Sim ela existe, e nós temos provas disso a vida inteira. Por isso existem doenças psicossomáticas e o efeito placebo que não são compreendidos pela medicina ou ciência. Nós sabemos que quando nos focamos em algo, isso acontece, e acontece consoante a intensidade do nosso foco e independentemente de ele ser consciente ou inconsciente. Esta lei prova também a liberdade que o Universo nos permite. Se tenho o trabalho que tenho é porque eu escolhi ter, se eu tenho a casa que tenho é porque a escolhi ter…


E aqui surge a questão, e o que eu não escolhi?

Por exemplo, “se a casa que eu tenho não é a que gostaria de estar?” Isso não significa que não tenhas escolhido essa casa, certamente na tua vida, antes do presente momento tiveste que fazer escolhas profissionais, pessoais e familiares. Por exemplo rejeitar um trabalho que te podia neste momento fazer ter outra casa, ou seja, escolheste um caminho que te trouxe até aqui. Alem disso em cada momento a partir deste mesmo preciso momento, terás novas escolhas e talvez uma delas seja o caminho para uma nova casa.


Então isto quer dizer que conscientemente ou inconscientemente podemos “escrever” a nossa vida e os acontecimentos nela?!

Sim e não… Nós podemos escolher vários acontecimentos na nossa vida, manipular outros, mas não toda a nossa vida. Pois não existe só a lei da atração, existe tambem um grande conjunto de outras leis. E, como disse anteriormente as nossas ações movimentam campos energéticos de outras pessoas. Por exemplo, a minha mãe faleceu quando eu tinha onze anos. Escolhi isso? Com onze anos apenas? Era pessoa que eu mais adorava (e continuo a adorar e admirar), nunca atraí ou pensei que algum dia ficasse sem ela… foram escolhas que ela fez durante a vida dela e escolhas de as pessoas que a rodeavam que fizeram com que tal acontecesse. Talvez tambem tenha sido necessário de alguma forma para mim. E aqui já não estamos a falar da lei da atração, mas da ação reação e de outras leis mais complexas como a lei da necessidade, que nos fornece o necessário á nossa aprendizagem e crescimento.


Como podemos então ser responsáveis pela nossa vida?

Resumindo, podemos escolher vários acontecimentos na nossa vida, manipular outros e outros acontecem por outras leis como a ação reação ou lei da necessidade. “Se não sou eu que causo isso porque é que sou responsável?” Sou responsável a partir do momento em escolho o que fazer e como gerir as emoções geradas pelos acontecimentos. Não fui responsável pelo facto da minha mãe ter falecido, mas tambem não foi a vida ou a minha mãe ou quem quer que seja. Sou responsável sim se não aceitar o que aconteceu, se fizer escolhas da minha vida que me prejudiquem e aí não posso dizer que foi porque a minha mãe faleceu, “porque a vida é injusta e me pregou uma partida” mas sim pelo facto de eu não ter aceitado algo. E aí a responsabilidade é minha, porque eu tive oportunidade de aceitar o que aconteceu, perdoar a quem eu atribua responsabilidades (á vida por exemplo), e em vez disso escolhi guardar ódio e rancor. Felizmente não foi assim que aconteceu, eu escolhi mesmo aceitar e perdoar. No entanto com outras coisas na minha vida não consegui fazer o mesmo e com o tempo fui aprendendo…


…o que são emoções tóxicas.

As emoções tóxicas são geradas quando não queremos assumir uma responsabilidade de uma escolha que fizemos, quando não aceitámos ou perdoámos algo. As emoções tóxicas são geradas na maior parte das vezes por acontecimentos pontuais ou contínuos da nossa vida, como a morte de um familiar, uma relação conjugal desgastada, problemas nas relações familiares, situação profissional, insucesso nos objetivos… Muitas vezes pensamos que os outros nos invejam, que nos enviam má energia mas a verdade é que muitas vezes nós temos toneladas de emoções tóxicas dentro de nós que precisam de ser limpas e libertadas e ao fazê-lo libertaríamos o nosso campo energético. Por isso, acreditamos que antes de responsabilizar a vida ou alguém por algo que não está a correr bem na nossa vida, devemos cavar bem fundo dentro de nós, vasculhar as nossas emoções e os segredos que escondemos de nós próprios. Devemos libertar tudo e a nossa vida desbloqueia. Muitas vezes acontece-nos uma série de eventos negativos, com os quais não estamos preparados, não sabemos e/ou não queremos lidar, e começamos a acumular emoções negativas. Ás tantas o nosso inconsciente já está focado no que é negativo, os pensamentos negativos começam a surgir no consciente, e nós continuamos a tentar focarmo-nos no positivo. Mas as coisas más continuam a acontecer e nós não percebemos porquê, porque nos focamos no positivo quando pensamos negativo e aqui começamos a pensar que são os outros que nos estão a fazer mal e mais uma vez fugimos das emoções reprimidas, que se tornam tóxicas e envenenam os nossos pensamentos, a nossa vida e o nosso bem-estar.


É preciso parar! E “voltar para dentro” …

Vasculhar e vasculhar, respirar e libertar. Arranjar soluções para as emoções guardadas. Enfrentá-las e de uma vez por todas: aceitar, respirar e seguir em frente.

A verdade é que não podemos escolher ou escrever 100% a nossa vida, mas em cada momento podemos escolher o que fazer com ela, se queremos ser felizes ou viver afundados em emoções de coisas que não conseguimos mudar. As emoções tóxicas:

- Envenenam os nossos pensamentos

- Tornam-nos tristes e cinzentos

- Causam depressão

- Impendem-nos de alcançar os nossos objetivos


Como podemos remover as emoções tóxicas?

- É preciso libertar aquelas que estão á “flor da pele”, preparámos uma meditação e que deve ser repetida várias vezes, está disponível neste link https://www.escola.jami.pt/courses/libertar-emocoes-toxicas

- Temos que parar de culpar (até mesmo nós próprios), de nada nos vale pensar que as coisas podiam ter sido diferentes ou culpar, vale-nos sim, no momento presente escolher estar bem e dar lugar a novas emoções

- Temos que fazer um grande trabalho interior! Este trabalho por mais fácil que pareça, pois, afinal é só “uma mentezinha” ou um “pensamentozinho” e até está dentro de nós, é o trabalho mais difícil da vida! Requer que estejamos conscientes, que não nos percamos do nosso objetivo, que é ser feliz. Por isso é importante meditar e refletir sem julgar acerca de tudo o que esta no nosso interior. É essencial realizar programas de meditação, isto não significa que nos tenhamos que inscrever em algo, ou ir a um grupo de meditação, mas sim que devemos focar-nos em trabalhar o nosso interior por passos. Quando não conseguimos sozinhos, sim devemos procurar ajuda: no Youtube existem muitas meditações, assim como aplicações para smartphone, existem centros de terapias e meditação por todo o mundo e sites online como a nossa escola. Vamos lançar na próxima semana o programa aceitação-perdão-gratidão de 21 dias que será uma das formas de libertar muito do que está escondido e guardado, e estará disponível neste link https://www.escola.jami.pt/courses/aceitacao-perdao-gratidao-meditacao


Ao limpar as emoções tóxicas:

- Tomamos mais consciência de todas as nossas emoções

- Aprendemos a controlar as emoções e o stress

- Somos acolhidos por um sentimento de bem-estar e felicidade

- Abrimos a nossa vida para novos caminhos e novas experiências

- Focamo-nos mais nos nossos objetivos

- Atraímos coisas positivas para a nossa vida


O que pode ajudar?

- Meditação

- Terapia: pode ser com um psiquiatra, psicólogo, hipnoterapeuta ou coacher, ou ainda um terapeuta holístico, através de terapias como o Reiki ou Litoterapia

- Cristais: eles funcionam como “ancoras” para a nossa intenção e “boias” para nos lembrar de voltar ao de cima. O grande trabalho é nosso e sem ele nada feito, mas os cristais ajudam-nos a fortalecer a nossa intenção e a realizar o nosso trabalho. Para as emoções tóxicas recomendamos os cristais do chakra cardíaco, essencialmente o quartzo rosa, rodonite, rodocrosite e turmalina rosa

- Aromaterapia: quer seja durante uma meditação, terapia ou ao final do dia podemos utilizar num difusor com vela ou elétrico, ou mesmo umas gotinhas na nossa almofada óleo essencial de lavanda, laranja doce, manjericão ou bergamota, ou a mistura que temos para o chakra cardíaco

*Deixamos os links dos produtos no texto acima, basta carregares no nome se pretenderes adquirir algum

A verdadeira solução está no interior de cada um de nós e o caminho é diferente para todos. Na Jami pretendemos dar dicas para que te possas autoconhecer e para que possas encontrar o teu caminho, por isso desenvolvemos e estamos a desenvolver programas que te podem ajudar e orientar. Eles são feitos com base na nossa experiência e no caminho que estamos a percorrer tambem. Esperemos conseguir alcançar o objetivo de poder ajudar muitas pessoas a encontrarem o seu caminho e a felicidade 😊


331 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo